Pré-Natal – Tudo Que Você Precisa Saber

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars   (5,00 de 5 com base em 2 votos)
Loading...

Pré-natal é o acompanhamento médico da saúde da gestante e do bebê realizado durante toda a gestação. Ele é extremamente importante para determinar se a gravidez é de alto ou baixo risco, isto é, detectar precocemente todo e qualquer problema de saúde da mãe ou do feto, para que possam ser tratados o mais rapidamente possível evitando assim que se agravem. Por isso é fundamental o comparecimento às consultas regularmente.

Consulta de Pré-Natal

Normalmente as consultas são realizadas uma vez ao mês, podendo ter uma freqüência maior no caso de uma gravidez de risco ou no fim da gestação.

Ao descobrir que está grávida, a mulher deve agendar a sua primeira consulta de pré-natal, com o intuito de tirar as dúvidas com o obstetra, que pedirá alguns exames para conferir como está a saúde da gestante e o desenvolvimento do feto. O médico também examinará a paciente para saber como está a sua pressão, o seu peso e questionará sobre problemas de saúde como diabetes, etc. Além disso, com base nas informações sobre o ciclo menstrual da gestante e a data de sua última menstruação, será calculada a data provável do parto.

Inicialmente a grávida precisará fazer um exame de sangue para detectar possíveis problemas como anemia, hepatite e HIV. Além disso, a maioria dos médicos costuma pedir também uma ultrassonografia para confirmar a idade gestacional e conseqüentemente a data provável do parto, além de verificar a presença de um segundo embrião (gêmeos). Se a gravidez estiver próxima de oito semanas ou mais, já será possível ouvir o coração do bebê.

Próximo da 12ª semana de gestação, será preciso fazer outro ultrassom para realizar o exame de translucência nucal, que detecta problemas genéticos como a Síndrome de Down.

Entre 20 e 24 semanas é realizado um terceiro ultrassom, o morfológico, que é bastante detalhado e mostra se todas as partes do bebê estão formadas como deveriam, nesse exame também já é possível identificar o sexo do bebê. Se estava usando essa dúvida como desculpa por ainda não ter escolhido um nome, é bom correr porque o tempo está passando.

No fim da gestação pode ser feito mais um ultrassom, que indicará a posição do bebê, da placenta, e a quantidade de líquido amniótico, a fim de identificar possíveis problemas na hora do parto.

Não se esqueça: toda gestante tem o direito, garantido por lei, de fazer o seu pré-natal. Por isso, as consultas e os exames são oferecidos gratuitamente através do Sistema Único de Saúde (SUS).

Avalie o artigo "Pré-Natal – Tudo Que Você Precisa Saber":
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars   (5,00 de 5 com base em 2 votos)
Loading...

Gostou do Post? Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *