O Sono Durante a Gravidez

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars   (4,60 de 5 com base em 5 votos)
Loading...

Um dos primeiros sintomas da gravidez, certamente é o sono. O primeiro, segundo e terceiro mês de gestação são os meses em que o sono é maior. Neste período é comum a gestante passar o dia todo cansada e sonolenta. Este fato deve-se, única e exclusivamente, ao aumento dos níveis de progesterona no organismo. O hormônio é responsável por controlar o ciclo reprodutivo da mulher. Além do sono excessivo, o aumento de progesterona pode causar sintomas parecidos com os de uma simples gripe – como dores no corpo e mal estar.

O sono durante a gravidez

O sono durante a gravidez

Mas conforme a gestação avança e o peso da barriga aumenta, começam a surgir problemas como falta de ar e dificuldade para dormir.
A maior dificuldade normalmente é encontrar uma posição confortável para permanecer deitada tanto tempo. Indica-se que as gestantes durmam de lado, se possível viradas para o seu lado esquerdo, principalmente nos últimos meses de gestação quando a barriga está maior, pois esta posição facilita o trabalho dos rins e a transmissão de alimentos do seu organismo para o bebê. Além disso, nesta posição a veia cava inferior, que é responsável por bombear o sangue das suas pernas e pés de volta ao coração, não é pressionada com o peso do bebê. A compressão dessa veia pode causar queda da pressão arterial, mal estar, escurecimento da visão, náuses, vômitos e até mesmo desmaios.

Há ainda a opção de utilizar almofadas entre as pernas na hora de se deitar. Muitas mulheres afirmam que esta dica pode ajudar a manter as pernas e barriga mais confortáveis, causando uma menor pressão no restante do corpo.

Alguns cuidados com a alimentação e exercícios físicos também podem render uma melhor noite de sono: evite produtos cafeinados e gaseificados, além da ingestão de alimentos antes de dormir. Também pode ser uma boa idéia investir em exercícios físicos relaxantes, como yoga – com o devido acompanhamento médico, é claro.

Para as mulheres que gostam de dormir, a boa notícia. Duas renomadas universidades norte-americanas, as Universidades de Chicago e de Columbia, realizam estudos que comprovaram que há uma maior facilidade no emagrecimento pós-parto, para as mamãe que dormem mais: mulheres que dormem menos de cinco horas por noite possuem mais dificuldade de eliminar os quilos extras adquiridos durante a gestação, do que as mulheres que dormem de oito à nove horas por noite. Isso acontece por conta das alterações dos hormônios reguladores do apetite. Portanto, aproveite o sono e durma bastante, pois essas horinhas à mais na cama podem trazer ótimos resultados na balança.

Avalie o artigo "O Sono Durante a Gravidez":
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars   (4,60 de 5 com base em 5 votos)
Loading...

Gostou do Post? Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *